21 de agosto de 2017
Home | Pelo Mundo | Oceania | Austrália | Austrália: a conhecida terra dos cangurus e coalas.

Austrália: a conhecida terra dos cangurus e coalas.

17275046_1335317906557573_718505535_n

Sempre tive vontade de fazer intercambio, porém, estudando, trabalhando e com 3 estágios obrigatórios da faculdade, era quase impossível fazer qualquer coisa. Os anos se passaram, terminei os estudos e continuei trabalhando e guardando dinheiro, até que com a crise fui demitida e um mês depois de ter resolvido todas as burocracias resolvi colocar em prática aquilo que sempre planejei, o intercambio. Sem hesitar comecei a procurar algumas agencias e pedir indicação para amigos, até que encontrei a Egali e foi onde fechei, escolhi Sidney na Austrália, motivada pelo clima tropical como o nosso, por não ter uma diferença cultural tão gritante em relação ao Brasil, pela honestidade da população (o que é seu é seu, ninguém rouba), pela extrema segurança da cidade e por todos outros os melhores motivos possíveis rs, fora que a cidade é linda e tem muuuuuitas praias.

Enfim chegou o grande dia da viagem! Claro, depois de ter resolvido tudo: visto, passagem, hospedagem, escola, dólar… e 26 horas de viagem, cheguei no pais desejado e sonhado por mim (e por tantas outras pessoas). No começo foi bem difícil, pois não tinha nada de inglês, ate pensei que soubesse o básico, mas percebi que não. Com o passar do tempo fui me adaptando melhor à língua e sofrendo menos rs. Referente a adaptação do lugar, estava ambientada já no primeiro dia, amei o apartamento onde eu estava, amei as pessoas com quem eu já tinha cruzado, amei a localização, transporte, tudo…

No quarto dia de Austrália eu consegui um emprego de cleaner (trabalha com limpeza) em uma casa de libaneses, conheci no farol uma brasileira que estava voltando para o Brasil e estava passando seu trabalho para outra pessoa, me prontifiquei e fui, mesmo sem saber me comunicar, absolutamente nada, não foi fácil rs, mas no fim deu tudo certo, limpei a casa, eles amaram e fui contratada \o. Meu visto era de estudante e dava direito ao trabalho, 20 horas semanais que era o permitido. Não é difícil conseguir trabalho por lá, mas como todo lugar tem que ir atrás, se apresentar, deixar currículos nos estabelecimentos e como aqui passamos por uma “entrevista” e depois um trial de 2 horas para o boss ver como irá se sair naquela função, a força de vontade é bem visada, então é colocar um sorriso no rosto que tudo dará certo e claro prestar um bom trabalho. Independente da sua profissão será valorizado igualmente, advogado, médico, professor, engenheiro, o tratamento é igual para todos . Todo mundo trabalha igual e é respeitado igual, seja trabalhando em café, garçonete, cleaner ou em obra.

Não me lembro quando consegui o segundo, mas foi rápido também, logo em seguida consegui um terceiro e depois quarto, me virava nos 30 para encaixar os horários e a escola (segunda a sexta-feira das 8 às 12:30), o restante do dia era trabalhando e quando tinha Day off (A famosa folga do trabalho) era conhecendo a cidade maravilhosa e linda que é Sydney. *.* em 30 – 40 minutos estava em uma das muitas praias de águas cristalinas, visual incrivelmente lindo.

Assim a vida seguia, com muitas saudades da família, dos amigos, de pastel da feira e guaraná rsrs, la não tem :(, na verdade até acha em alguns restaurantes brasileiros, mas não com a facilidade que temos aqui.

Sobre a segurança você tem a liberdade de sacar dinheiro nos caixas literalmente no meio de uma praça, na rua ou diretamente no banco com a maior segurança e a qualquer hora do dia ou da noite, sem medo que alguém te roube ou te mate. Assalto a mão armada? O que é isso? Você até esquece os traumas do Brasil rs.

Ninguém se preocupa com status, você pode sair de fusca ou de Porsche conversível que ninguém irá notar, se você sair de pijama na rua ninguém vai te olhar torto ou te julgar. Você vive como quer e com o que quiser. Liberdade define demais a vida na Austrália.

A limpeza da cidade é surreal, não se vê um papel de bala no chão, sem buracos nas ruas e calçadas, tudo plano, acessível aos cadeirantes e pessoas com dificuldade de locomoção, o que facilita muito também se locomover de bike ou patinete, algo bemmmm comum, a galera vai trabalhar e estudar de bike ou patins e todo mundo se respeita no transito, tem ciclovias em toda cidade e como as calçadas são bem largas algumas pessoas acabam andando de bike na calçada mesmo, mas sempre com muita cautela e respeito (lema da Austrália).

17238894_1335315223224508_887474713_n

O custo de vida não é barato, mas o salário que se ganha é compatível com absolutamente TUDO: mercado, aluguel, roupas, eletrônicos, enfim… Uma refeição e cinema por exemplo custa em média de 40 reais, mas ganhando em dólar tudo facilita rs. Comprar na Apple é como se você estivesse comprando algo na lojinha de 1 real, não é nada surreal como aqui, pagar 4 mil reais em um celular. Em uma semana de trabalho eu comprei meu Iphone à vista e com a maior felicidade de sair dali e ter a certeza que não precisava esconder dentro da calça porque ninguém me roubaria. 🙂

Em relação a alimentação, Sydney era um dos melhores lugares para comer, pois tinha culinárias de todos os cantos do mundo, gostos e sabores. Shoppings, ruas, praias com opções muito boas para comer bem e “barato”, incluindo o famoso FISH AND CHIPS. E claro que não poderia deixar de falar da principal e tão conhecida BANANA BREAD, o melhor bolo de banana que já comi, era meu café de todas as manhãs, banana bread toasted with butter, era colocado ou na frigideira ou direto no forninho com manteiga, ficava com casquinha crocante sensacional e um leve gostinho da manteiga derretida.

A noite em Sydney é baseada em pubs e boates, porém as atividades acabam bem cedo, por volta das 2 – 3 horas da manhã tudo fecha e você não pode beber na rua e muito menos fazer o nosso famoso “esquenta” antes de sair, pois se você estiver bêbado será proibido de entrar nas baladas. Se quiser fugir do agito de baladas e pubs tem a opção do Cassino Star City, bem famoso e mais light para curtir a noite.

Tem bastante coisa legal para visitar e conhecer em Sydney. O Sydney Tower que tem uma linda vista de toda cidade, Opera House, Harbour Brigde, Sydney Aquarium, Taronga zoo e a linda e deslumbrante Blue Mountains que não pode deixar de ir, reserve um fim de semana, coloque um tênis e bora apreciar essa linda parte da natureza, em alguns momentos as montanhas refletem uma luz azul devido as gotas de óleo de eucalipto que flutuam no ar.

Bom esse foi um breve resumo da minha estádia em Sydney essa linda e amada cidade.

Next Prev

17274813_1335315273224503_412652223_n

17274929_1335315319891165_2052186208_n

17274670_1335315269891170_351355110_n

17354720_1335315333224497_2138326788_n

17352941_1335315286557835_1061542736_n

 

17352751_1335317416557622_1536263105_n 

17350962_1335315283224502_47438771_n 

17342184_1335315363224494_2008566613_o 

17342136_1335315256557838_1931780385_o 

17342107_1335315296557834_87002489_o 

17328182_1335315189891178_461356265_n 

17328144_1335315293224501_1388869263_n 

17328144_1335315289891168_2096502688_n 

17310414_1335316466557717_113515160_o 

Next Prev

Fotos: Taciane Guimarães

Sobre Taciane Guimarães

Taciane Guimarães
Taciane, psicóloga, 26 anos, nascida e criada em São Paulo, amante de viagens, culinária e animais.

Check Also

Nas próximas férias, pague sua hospedagem com suas habilidades

Viajar é uma das melhores coisas que podemos fazer, conhecer novas pessoas, culturas, experimentar comidas ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *