25 de novembro de 2017
Home | Pelo Mundo | América do Sul | Pais, levem seus filhos pequenos para o Psicodália 2017!
Créditos: Lari Lara

Pais, levem seus filhos pequenos para o Psicodália 2017!

Muitos pais tem vontade de acampar ou levar seus filhos para algum festival ou uma viagem mais root, mas acham que muitas vezes não é o ambiente ideal para seus filhos por falta de estrutura ou por alguma outra razão. Mas não é bem assim que funciona. Hoje muitos festivais já possuem programações especificas para crianças e ambientes saudáveis para galerinha curtir o evento também.

No Psicodália conversamos com duas famílias: a da Cristiane e Cesar e da Pamela Andressa Rodrigues, 21 anos e Fernando Brambilla, 29 anos. Batemos um papo com Cristiane enquanto sua filha participava de uma oficina e ela nos contou que aceitou o convite dos filhos para essa nova experiência. Seus filhos a convenceram com o seguinte argumento: “abra a sua mente”. Cristiane se surpreendeu com a estrutura que o evento proporcionou para as crianças, um ambiente ideal para que os pequenos pudessem se divertir no festival.

“O lugar é incrível, muito bonito, a preocupação com as crianças e a organização é impecável, as atividades foram muito bem divididas entre as idades, proporcionando para eles um ambiente de pura diversão. As crianças adoraram e ficarão tristes quando acabar. As atividades e oficinas também foram muito bem pensadas, xadrez, teatro, leitura e atividades ao ar livre.”

Para quem gosta de festival ou de rock, não deve se prender porque tem filhos pequenos. A experiência será única e gratificante, ressaltou Cristiane contando um pouco da sua experiência.

A convivência com pessoas de tribos, estilos e pensamentos diferentes foi muito positiva. Cristiane também aproveitou o ambiente do Psicodália para fazer algumas observações para sua filha caçula.

“Infelizmente, vivemos em um mundo de aparência, que algumas escolhas podem ter consequências lá na frente, ex.: se você faz uma tatuagem e escolhe uma determina profissão, isso pode não ser visto de uma forma positiva, mas isso não significa que não será feliz na sua vida, apenas mostrando que existem diversas opções e que todas escolhas existem consequência positiva e negativa. 

Next Prev

IMG_0257
Fernando, Raul e Pâmela curtindo o festival Psicodália.

 

créditos: Lari Lara
créditos: Lari Lara

Next Prev

Também conversamos com a Pamela Rodriques (20 anos, artista plástica e professora de artesanato) e Fernando Brambilla (pós graduado em patrimônio histórico do Brasil), e o pequeno Raul Elvis Rodrigues Brambilla, que viaja com os pais dentro de uma Kombi desde seu primeiro ano de vida. O veiculo é todo preparado para que a criança possa ter todo o conforto necessário. O casal sempre procura levá-lo nas viagens, com algumas exceções para não prejudicar a saúde do Raul, e assim o menino pode conhecer o estilo de vida dos pais. Pamela Rodrigues conta que Raul aproveita muito, brinca e dança com todos e adora ouvir música. E isso é muito saudável para seu filho, sempre com a supervisão dos pais super atentos e cuidadosos.

Esse ambiente promove a liberdade que nós queremos para nosso filho, o ambiente de paz, liberdade, contato com a natureza. Ele sai das quatro paredes, convive com um mundo da forma como ele é, com toda a miscigenação, pessoas que respeitam cada um do seu jeito, isso vai ajudar para que ele se torne uma pessoal com mente aberta para o mundo, sem preconceito, são coisas que gostaríamos de ter na nossa infância, disseram Fernando Brambilla e Pamela Rodrigues durante a nossa conversa.

Os pais do Raul Elvis Rodrigues Brambilla defendem um estilo de vida livre, fora do modelo tradicional que muitos desejam – viver dentro de um escritório, crescer dentro de uma grande empresa. Pelo contrário a empresa deles é o mundo e o projeto de vida é correr por ele com o Raul e é dessa forma que eles querem viver e criar seu filho, sem as “neuras” da cidade grande.

Pamela Rodrigues e Fernando Brambilla possuem o projeto Sonhadora Cultura, que escrevem sobre arte, cultura de festivais e viagens e pretendem fazer um levantamento fotográfico pelo Brasil, e claro, viajando com a Kombi e o Raul Elvis Rodrigues Brambilla juntos.

Então, se você tem vontade de ir a algum festival com o seu filho, acabou a desculpa! Veja todas as atrações e é bem provável que terá uma para seu filho. Ou, se quiser garantir, vá para o Psicodália em 2017, com certeza não irá se arrepender.

SOBRE O PSICODÁLIA

É um festival de musica independente e artes que ocorre anualmente em uma fazenda em Rio Negrinho (SC). Voltado principalmente para o rock e suas vertentes como o folk rock progressivo/rock psicodélico, entretanto da espaço a outros estilos como jazz, blues, soul, música celta e rock rural. Para saber mais, clique aqui.

Sobre Ricardo Queiroz

Ricardo Queiroz
Criador do portal Amplifique-se e apaixonado por comunicação e todos os poderes de transformação que a internet possui, formado em publicidade, amante do frio e cerveja. Desde 2006 trabalho como webdesigner, mas nos últimos anos fui conhecer o mercado offline, isso me ajudou a ter uma visão 360 em todo o processo criativo do meu trabalho. Fujo da rotina e da zona de conforto.

9 comments

  1. Eu levarei!!!
    Psicodália 2017: here we go!!

  2. Este ano foi nossa terceira vez no festival com a família completa..a primeira vez meu caçula tinha 4 meses, era o bebê mais novo do festival e foi uma aventura deliciosa…neste ano com 5 e seu irmão com 8 eles curtiram de uma nova maneira, com mais independência puderam usufruíram de toda a estrutura sem existir riscos…
    É uma experiência única…lá podemos mostrar aos nossos filhos uma visão mais bonita do mundo, com amor, paz e a liberdade do ser!

    • Ricardo Queiroz

      Show de bola Priscila, tenho certeza que curtiram muito e no futuro poderão contar que participam do Dália desde bebê!rs Realmente o ambiente de respeito é incrível, muito saudável para que possam crescer com a mente aberta e livre de preconceitos. Parabéns! 🙂

  3. sou natural de Rio Negrinho…. nunca, mas nunca pensei que um dia esta cidade fosse sediar um evento tão massa!!!! uhuuuu . EU TÔ LÁ EM 2017!!!!!! De preferencia com Terra Celta!

  4. nathalia karina de mattos

    Pessoal alguem pode me informar qual o valor do passaporte para criança a partir de 6 anos? É o valor inteiro?
    Abs!

    • Ricardo Queiroz

      Olá Nathalia, tudo bem?
      Desculpa sua demora, vou tirar a dúvida com a organização. Segundo assessoria crianças até 5 anos e 11 messes não pagam. De 6 a 12 o valor é de R$ 160,00 + taxa de R$ 13,00. Essa modalidade de ingresso será vendida somente na entrada do evento. 😉 Espero ter ajudado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *