22 de fevereiro de 2018
Home | NOVIDADES | Empreendedorismo | Saiba como o crowdfunding pode tirar seu projeto do papel.

Saiba como o crowdfunding pode tirar seu projeto do papel.

crowdfunding ou financiamento coletivo é uma prática bem antiga usada no mundo inteiro. Se você já ajudou em uma campanha que visa arrecadar fundos para o auxílio de pessoas que foram vítimas de catástrofes naturais, ou qualquer programa que arrecada verba para programas sociais do tipo Teleton ou Criança Esperança você já participou de uma campanha de financiamento coletivo.

Antes de começar a mergulhar no que de fato vem a ser e como funciona, vale lembrar que essa é uma forma que vem crescendo ano após ano. A campanha que mais arrecadou, foi da ONG Rancho dos Gnomos, com o projeto Santuário do Animal foram mais de 1 Milhão de reais, o recorde para as campanhas brasileiras. Mas não para por ai, o lançamento do livro Bel Pesce: O Legado A menina do vale, arrecadou mais de 800 mil reais. Só na plataforma Kicante já foram mais de 17.000 projetos e 20 milhões de reais arrecadados.

Porém com o avanço tecnológico e o desenvolvimento de novas ferramentas de segurança e pagamentos para internet essa modalidade se tornou viável e hoje é muito utilizada para realizar todo e qualquer tipo de projeto, não somente para ações filantrópicas; revistas, livros, metologias de ensino, produção e desenvolvimento de game, gravação de DVD para bandas, estudos científicos, entre outros tantos projetos. E se você tem um projeto, e mesmo que ele seja pequeno o financiamento coletivo pode ser uma excelente forma de capitação de recurso. Mas é muito importante pesquisar para saber qual é a melhor forma de conseguir financiamento para seu projeto, seja ele qual for.

Para quem quer tem curiosidade de conhecer essa forma de capitação, vou descrever como funciona e para quem possui um projeto mostrarei quais itens são importantes para que seu projeto seja bem apresentado em uma campanha deste tipo.

Antes de começar, esse vídeo do Catarse da uma ideia do que é o financiamento coletivo, assista e depois continue lendo a matéria.

Se você tem interesse em ajudar algum projeto nesse tipo de ação, existem diversos sites nacionais e altamente credíveis que hospedam ideias genuínas com projeto executivo e plano de negócio. Nenhum projeto entra em uma plataforma se não cumprir requisitos que cada plataforma exige, o que acaba dando mais segurança para quem quer ajudar, tenha certeza, que se bem sucedida, a campanha será realizada e você poderá acompanhar todas as etapas do desenvolvimento do projeto até a sua conclusão. Em troca o projeto beneficiário da sua ajuda lhe oferece recompensas criativas para agradecer sua colaboração, existem diversas cotas de apoio, desde valores pequenos até altas contribuições com recompensas diferenciadas. Essas informações você poderá conferir na descrição de cada projeto.

Alguns sites trabalham apenas com a modalidade de campanha “tudo ou nada”, nessa modalidade caso a campanha não conquiste o valor estipulado dentro do prazo programado no início da campanha todo o dinheiro arrecadado é devolvido para quem contribuiu, alguns sites preferem essa modalidade pois é uma garantia de que o projeto vai acontecer. Mas outros plataformas possuem campanhas “Flexíveis” onde o projeto leva o valor arrecadado mesmo sem bater a meta.

Agora sabendo um pouco de como funciona, vamos ao próximo passo, você possui uma ideia e escolheu o financiamento coletivo, algumas dicas que podem te ajudar:

Primeiro, independente da plataforma que vocês escolheu é necessário criar um cadastro, com dados pessoais, também é necessário ser maior de 18 anos, os menores de idade basta ter um responsável legal e não terá problema algum para inserir seu projeto na plataforma. Após isso, você deverá inserir as informações do seu projeto, nome do projeto, categoria, e método de participação, “tudo ou nada” ou “flexível”, fique atento pois as porcentagens de participação da plataforma que hospeda seu projeto pode variar de uma modalidade para outra e no caso de optar por uma campanha “flexível” caso não consiga arrecadar o valor estipulado você paga uma porcentagem a mais, porém leva o valor que foi arrecadado. Importante, confira em todas as plataformas qual a porcentagem de participação de cada uma sobre seu projeto.

Se você não entendeu a questão da participação que a plataforma tem no seu projeto, vamos lá. As plataformas que hospedam esses projetos possuem uma estrutura robusta e um canal de divulgação próprio para seu negócio, por isso todas cobram uma porcentagem do valor arrecado do projeto para que possam custear e pagar todos envolvidos na divulgação e captação de recursos. Mas calma! Você não precisa tirar dinheiro do seu bolso, caso escolha pela forma “tudo ou nada”, e não consiga atingir o valor estipulado dentro do prazo determinado, você não terá nenhum ônus, o dinheiro que foi arrecadado é devolvido para os colaboradores e a plataforma não fica com nada. Agora se você escolheu a forma de “Campanha Flexível” você pagará uma porcentagem do arrecadado e caso não bata a meta pagará mais uma porcentagem para plataforma, mas nada sai do seu bolso e sim do valor que foi arrecadado. Sabendo disto vamos continuar.

A apresentação do se projeto é fundamental, seja breve e objetivo, procure definir seu negócio em uma frase, quanto mais chamativa e objetiva for, mair a chance de sucesso. Utilize muitas imagens sobre produto/projeto, as pessoas gostam de ver, de saber quem é você. Mostre a sua cara! Isso torna o negócio mais sério e você passa mais credibilidade.

Não brinque quando tratar das metas do seu projeto, seja objetivo, tenha firmeza e certeza no que está apresentando, quanto mais completo for seu projeto maior as chances de chegar no objetivo final. Criar recompensas criativas podem ajudar bastante, pense em coisas que seus apoiadores gostariam de receber, isso também pode ser um fator de decisão. Por último e por mais que seja um clichê, acredite no seu projeto, se você não acredita, não espere que alguém faça isso por você.

Agora que você já sabe um pouco sobre o que é e como funciona o crowdfunding, segue algumas plataformas que podem hospedar seu projeto, são elas: Catarse, Kickante, Queremos, Bicharia e Juntos com Você, essa última é exclusiva para ações sociais.

Caso conheça alguém que tem interesse em conhecer essa forma de capitação ou possui um projeto e tem dúvidas de como funciona, compartilhe essas informações.

Sobre Ricardo Queiroz

Ricardo Queiroz
Criador do portal Amplifique-se e apaixonado por comunicação e todos os poderes de transformação que a internet possui, formado em publicidade, amante do frio e cerveja. Desde 2006 trabalho como webdesigner, mas nos últimos anos fui conhecer o mercado offline, isso me ajudou a ter uma visão 360 em todo o processo criativo do meu trabalho. Fujo da rotina e da zona de conforto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *