21 de janeiro de 2018
Home | CULTURA POP | Literatura | Vozes de Tchernóbil, Svetlana Aleksiévitch

Vozes de Tchernóbil, Svetlana Aleksiévitch

SAIU!!!!!! A Cia. das Letras lança este ano dois livros da autora Prêmio Nobel de Literatura 2015.

vozes

Em outubro do ano passado, escrevi sobre a autora bielorrussa Svetlana Alekiévitch e sua obra, dada a notícia de ter sido laureada com o Nobel. Leia aqui.

No entanto, à época, infelizmente, não era possível para a maioria dos leitores terem acesso às suas obras. Ou os livros estavam na língua original, russo, ou haviam apenas traduções em inglês e nenhuma disponível para pronta-entrega no Brasil ou qualquer possibilidade de ler em e-book, a não ser por uma tradução para o espanhol.

Tudo muda este ano quando a Cia. das Letras traz a tradução de dois títulos da autora: Vozes de Tchernóbil A guerra não tem rosto de mulher. 

Ambas obras são relatos, um approach jornalístico, dos acontecimentos na Ucrânia e na Rússia. E, embora os livros sejam uma coleção de relatos dos atores tanto da tragédia de Tchernóbil e das mulheres envolvidas nas Guerras Vermelhas, são extremamente tocantes e mostram que, por trás de estatísticas e documentários que vemos com distância, existem pessoas reais e nelas, experiências reais de dedicação, sofrimento e vida.

Svetlana esteve no Brasil, conversando sobre suas obras na última edição da FLIP (Festa Literária Internacional de Paraty) – julho de 2016.

Ficou curioso, leitor? Deixe-se tomar pelas histórias reais e se desassossegue com as vidas de pessoas que, em suas simplicidades e experiências, mostram que no mundo, tem de tudo. Para todos. Os vivos e os mortos. Não permita que essas histórias sejam banalizadas ou esquecidas. Poderia ser conosco. São um convite para aproximar-se do que somos: humanidade.

Para saber mais sobre os livros, entre no blog da Cia das Letras:

A guerra não tem rosto de mulher, 2016.

Vozes de Tchernóbil, 2016.

Sobre Tathy Morselli

Tathy Morselli
Tathy é professora, escritora e tradutora. Estudou Pedagogia e fez pós-graduação em Estudos Literários. Tem uma biblioteca razoável, um Kindle debaixo do braço e sempre uma câmera na mão. Acredita que desassossegar as pessoas leva a visões e pensamentos mais profundos sobre o mundo que nos cerca.

Check Also

Das possibilidades que a Literatura nos oferece

Não é segredo que eu sou assinante da TAG Livros, um clube de assinaturas de ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *